Linkei Linkei
Você está no Blog

Teoria de aprendizagem significativa de Ausubel

Segundo Moreira (2009), na teoria do pesquisador Ausubel, aprendizagem é um processo que envolve a interação da nova informação com a estrutura cognitiva do aluno - conhecimento que o indivíduo possui.

A aprendizagem ocorre quando a nova informação ancora-se em conceitos ou preposições relevantes, preexistentes na estrutura cognitiva do aprendiz. Assim, para o aluno aprender é necessário encontrar sentido no que está aprendendo, para isso é necessário: partir dos conceitos que o aluno possui; das experiências que ele tem e relacionar entre si os conceitos aprendidos (MOREIRA, 2009).

Assim, a definição de conteúdo deve ser feita por meio de uma série hierárquica (em ordem crescente de inclusão). Ausubel recomenda, como estratégia para manipular a estrutura cognitiva, o uso de organizadores prévios que sirvam de âncora para a nova aprendizagem. Tais organizadores prévios seriam materiais introdutórios apresentados antes do próprio material a ser aprendido e teriam a função de servir de “pontes cognitivas” entre o que o aprendiz já sabe e o que ele deve saber (MOREIRA, 2009).

Diante do exposto, pode-se aferir que nessa teoria a aprendizagem ocorre quando a nova informação apoia-se em conceitos ou preposições relevantes para o aprendiz. Nesse contexto, a hierarquização dos conceitos e a utilização de materiais introdutórios, antes do material principal a ser aprendido, resultam em um ensino mais eficiente. Ela mostra-se adequada para recuperar ou estabelecer significado comum entre itens a ser aprendido e itens conhecido pelo aluno, como ensino de outras línguas, aprendizagem de conceitos e cursos preparatórios para exames.

Quadro de Resumo

Teoria Cognitivista
Métodos - Experiência do aluno confrontada com o saber sistematizado.
Aprendizagem - Interação da nova informação com a estrutura de conhecimento do aluno.
- Ancoragem da nova informação com o conhecimento preexistente do aluno
Papel do professor - Mediador
- Facilitador
Papel do aluno Ativo
Contribuições para o DI – Cursos virtuais  - O professor deve identificar, acompanhar e interpretar a estrutura cognitiva e as dificuldades do aluno e trabalhar interagindo com o aprendiz, estimulando suas funções cognitivas, estruturando o conteúdo hierarquicamente de acordo com os conceitos do aluno, organizando o pensamento e melhorando os processos de aprendizagem, fazendo o aluno avançar na compreensão do mundo a partir do seu desenvolvimento já consolidado e desenvolvendo atitudes, valores e competências
- A hierarquização dos conceitos e a utilização de materiais introdutórios para aprendizagem de novos conteúdos
- Teoria adequada para projetos onde o público alvo já possui modelos e concepções existentes.
Conclusão A aprendizagem ocorre quando a nova informação ancora-se em conceitos ou preposições relevantes e existentes na estrutura cognitiva do aprendiz, em outras palavras, para o aluno aprender é necessário que a nova informação faça sentido. Nesse contexto, o professor deve identificar aquilo que o aluno já saber, sua estrutura cognitiva, os conceitos básicos da matéria e como ela está estruturada, para assim, projetar o conteúdo hierarquicamente e de acordo com a estrutura do aluno. O professor deve evitar rotina, fixação de respostas e hábitos. Materiais introdutórios antes do próprio material a ser aprendido resultam em um ensino mais eficiente. Essa teoria é adequada para recuperar ou estabelecer significado comum entre itens a ser aprendido, como ensino de outras línguas, aprendizagem de conceitos e cursos preparatórios para exames.

Referências:

Referências:

Comentário