Linkei Linkei
Você está no Blog

AI: Sistema de Navegação

A partir do momento que o usuário não consegue localizar a informação desejada e não é capaz de entender como a informação está organizada, Rosenfeld & Morvile (2002 apud Reis, 2007) afirma que se inicia, no usuário, um sentimento de estar perdido, acompanhado dos sentimentos de confusão, insegurança, medo, ira e frustração, comprometendo a qualidade da experiência de uso. Dessa forma, Reis (2007) afirma que o sistema de navegação deve orientar a interação do usuário com a estrutura da informação tendo dois objetivos básicos: (1) indicar a localização do usuário dentro da estrutura e organização do espaço informacional e, (2) mostrar o caminho certo a seguir para que o usuário consiga alcança seu objetivo.

Os dois objetivos básicos propostos por Reis (2007) são uma síntese e abstração da análise de diversos objetivos para sistema de navegação proposto pelos autores:

  • Nielsen (2000): o sistema de navegação deve responder três perguntas: (1) “Onde estou?”, (2) “Onde estive?”, (3) “Aonde posso ir?”
  • Wodtke (2003): o sistema de navegação tem como função responder três perguntas: (1) “Estou no lugar certo?”, (2) “Ele [o sistema interativo] tem o que estou procurando?” e, (3) “Ele [o sistema interativo] tem alguma coisa melhor?”.
  • Fleming (1998): o sistema de navegação deve responder quatro questões: (1) “Onde estou?”, (2) “Aonde posso ir?”, (3) “Como chego lá?” e, (4) “Como posso voltar para onde eu estava?”

Fica evidente, não só nos objetivos proposto por Reis (2007), mas pelos autores Nielsen (2000), Wodtke (2003) e Fleming (1998), que um sistema de navegação eficaz não permite que usuário se perca no espaço informacional gerado pela estruturação e organização das informações; pelo contrário, possibilita-o saber em que ponto da estrutura ele está, onde pode ir e qual o caminho a seguir para atingir seu objetivo.

Para Kalbach (2009), a qualidade e a eficácia do sistema de navegação estão intimamente ligadas com a qualidade da organização e estruturação da informação; um erro na organização e estruturação da informação causará prejuízo ao sistema de navegação e vice-versa. Para o autor, os sistemas de organização e de navegação trabalham em conjunto para formar algo mais amplo, uma lógica de navegação. Porém, para projetar uma lógica de navegação eficaz, se faz necessário conhecer e entender os tipos de navegação.

Referências: 

Comentário