Linkei Linkei
Você está no Blog

Principais teorias da interação

Para Silva & Barbosa (2010), cuidar e prezar pela qualidade de uso de um sistema interativo reduz custos de desenvolvimento e estabelece uma vantagem competitiva no mercado, melhorando a imagem e a percepção de valor da empresa e do sistema pelo usuário. Essa visão é reforçada por Almeida (2011) ao apresentar a informação de que 86% das pessoas que decidem não mais usar um programa o fazem pela falta de qualidade da interface. Entretanto, projetar uma interface adequada ao contexto e às necessidades dos usuários exige conhecimento de algumas teorias de IHC. Entre elas, as principais são: Engenharia Cognitiva e Engenharia Semiótica. O conhecimento teórico dessas teorias possibilita compreender o processo de interação e assim projetar uma experiência de qualidade (Netto, 2008).

Teorias:

Referências: 

Comentário