Linkei Linkei
Você está no Blog

Vínculos afetivos e construção do conhecimento

Publicação da pós-graduação Design Instrucional para Web

Para enfrentar situações desafiadoras, conflitos cognitivos e outras situações que possibilitem  construir conhecimento, o ser humano necessita ter auto-estima, se sentir confiante, ser ouvido e valorizado e não ser sentir só e incapaz de alcançar o conhecimento (NASCIMENTO, 2008)

É necessário ter um comportamento afetivo, criar vínculos emocionais e não ter medo de se expressar. Só assim, o aluno se sentirá motivado para enfrentar os desafios de um curso EaD (NASCIMENTO, 2008). O comportamento afetivo como: tratar alguém pelo nome, mostrar preocupação pelos seus problemas e elogiá-lo pelo seu trabalho cria elos e conecta professor e aluno através da afetividade.

Quando, num ambiente virtual, educador e educando mantém uma relação de afeto, surge a possibilidade de criar diálogos que resultem em novas construções, uma relação de colaboração e um aprendizado constante e de sucesso (FÁVERO et al, 2006).

O aluno necessita de auto-estima e confiança para construir conhecimento, aprender, ter facilidade na aprendizagem e ter um bom desempenho, sendo indispensável uma relação de afeto entre professor-aluno e aluno-aluno para que o aluno tenha motivação e vontade para expor pensamentos, interagir, gerar conhecimento e vencer os desafios da cognição para resultar no desenvolvimento da inteligência (SILVIA et al., 2009).

A pessoa com motivação e auto-estima positiva encontra forças para vencer a solidão, desafios, executar tarefas e participar de situações geradoras de conhecimento. Uma pessoa sem motivação e com auto-estima negativa terá receio de se expor e participar de situações desafiadoras, pois, se sentirá como um incompetente. Nesse sentido a relação de afeto, os vínculos e os elos entre professor-aluno e aluno-aluno é fundamental para alimentar e dar forças ao aluno aprender (SILVIA et al., 2009).

Referências

  • A pluralidade cultural e a construção da identidade do professor: http://www.tvebrasil.com.br/SALTO/boletins2001/plc/plctxt1.htm
  • Educação a Distância: Uma Abordagem Centrada na Afetividade. Tese de Lauriza Quina Barreto do Nascimento
  • As categorias que definem a ocorrência de dialogo em Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Rute Vera Maria Favero

Comentário